26 de março de 2014

Clique aqui para reproduzir o documentário

Atividade de opinião dos alunos da Turma 6 sobre o documentário "Hiato"

Grupo 1
Os alunos Eduardo e Rogério pensam que há um preconceito muito grande por parte dos policiais com relação aos manifestantes. Se não fosse a presença da imprensa os alunos acham que haveria violência por parte dos seguranças.
Grupo 2
Apesar de vários afirmarem que não há mais desigualdades hoje em dia, é possível ver nas ruas, em lugares públicos e fechados e até mesmo dentro de casa que o capitalismo ainda faz muita diferença na vida das pessoas, isto é, a diferença clara entre ricos e pobres.
Grupo 3
O documentário “HIATO” conta a história de um grupo de pessoas que moram na favela do Rio de Janeiro, resolveram ir ao shopping. As pessoas que estavam lá ficaram indignadas como se aquelas pessoas que vieram da favela, eles pensavam que fossem roubar ou qualquer coisa assim. Para mim não passa de um orgulho, um preconceito nojento. Aquelas pessoas que saíram da favela para vir ao shopping não são motivo para causar medo e indignação. E, sim essas pessoas que se acham melhores só pelo dinheiro que possuem. O que tem de “medonho”, de indignante as pessoas das favelas querem ir ao shopping? Elas são pessoas como a gente. Hoje em dia, o mundo infelizmente está assim, as pessoas costumam dar mais valor pra pessoas que tem dinheiro, do que pra pessoas “normais” que todos os dias trabalham duro para ter comida na mesa. Sinceramente, essas pessoas que se acham melhores só porque tem mais dinheiro, essas sim são motivo de indignação. Porquê é através dessas pessoas que você vê a que ponto o nosso mundo se encontra hoje.
Aluna: Grabrielly Mariano da Silva, 7ºAno A.
Grupo 4
PALAVRAS CHAVE: - Polícia militar - Injustiça - Providência - Segurança - Imprensa - Diferença - Desigualdade - Preconceito - Raiva - Indignação - Barreira social - Decepção.
É uma injustiça o jeito que trataram as pessoas. Será que eu não sou capaz de ir shopping só por que não estou vestida de acordo? Ou que não posso ir ao banheiro por que moro na favela? Somos todos iguais o mesmo direito que eu tenho todo mundo tem. Nosso mundo tem que ser direito, justo, igual e tem que ser humilde.
Aluna: Nicoly Paula de Souza, 9ºano C.

Postado em quarta-feira, março 26, 2014 por emef Maria Dulce

Comentários

23 de março de 2014



Uma experiência bem sucedida e empolgante para os alunos. A banda da Escola Maria Dulce conta com o auxílio da aluna Jéssica para auxiliar os pequenos da Turma I na parte de percussão da Banda Fanfarra. Proposta empolgante tanto para quem aprende como para quem ensina.

Postado em domingo, março 23, 2014 por emef Maria Dulce

Comentários